Clube de Escrita e de Leitura

60paginas

O Clube de Leitura e de Escrita resulta da consolidação de um anterior projeto – Encontro com os livros – dinamizado por Maria José Reis, em 2010. Esta estudante do Programa 60+ pretendia partilhar os seus saberes e promover o envolvimento dos seus pares em atividades intelectual e socialmente estimulantes. Em 2011, Irene Sousa, também estudante do Programa, propõe que se crie um espaço de incentivo à escrita criativa.

Assim, o Clube de Leitura e de Escrita começou por ser constituído por dois núcleos distintos, mas interatuantes.

  • O núcleo de leitura, que pretende ser um espaço intergeracional, aberto à participação de todos os alunos (jovens e seniores) que encontrem prazer na leitura e tenham vontade de partilhar as suas leituras.

Fugindo ao formato do clássico clube de leitura, no sentido de ir ao encontro das sugestões do próprio grupo, optou-se por um modelo flexível em que as sessões mensais assumem formatos mistos e diversificados. Podem ser estruturadas em torno de uma obra, de um autor ou de um texto, independentemente do género – romance, poesia, crónica, reportagem – incluindo momentos de discussão, visionamento de filmes, contato com autores ou visitas guiadas a bibliotecas ou potenciais cenários de uma obra.

O núcleo de leitura assume-se ainda como um espeço aberto a sugestões de leitura, a divulgar, por exemplo, na rúbrica Kapas do Akadémicos.

  • O núcleo de escrita, que tem sido um espaço reservado aos estudantes seniores porque se propôs a traçar um retrato de época a partir dos testemunhos recolhidos ao longo das suas sessões mensais. Os textos, produzidos individualmente sobre um tema previamente definido pelo grupo, foram partilhados e trabalhados durante as sessões e, posteriormente, compilados numa publicação com 60 páginas ou +.

Neste sentido, o núcleo de escrita cumpre dos objetivos essenciais:

Do ponto de vista da memória individual, recordar e registar trajetórias de vida, recuperando factos históricos e acontecimentos marcantes no percurso de uma geração: vivências comuns, diversidade cultural e clivagens sociais.

Do ponto de vista da memória coletiva, elaborar um documento que salvaguarde o testemunho de uma geração que atravessou fases distintas da sociedade portuguesa.

Este projeto tem tido a colaboração de várias professoras da ESECS, que dinamizam as sessões de leitura e de escrita. Nomeadamente: Susana Faria, Catarina Menezes, Cristina Nobre e Maria José Gamboa.

Como resultado do trabalho realizado durante vários anos de atividade, foram publicados dois livros: “60 histórias ou mais. Retratos de uma geração”, em 2015, e “Peregrinação à Poesia”, em 2017.

Ao longo dos anos, as atividades do Clube foram sendo ajustadas aos interesses dos participantes, dando-se um maior relevo à leitura ou à escrita consoante a vontade dos mesmos.

< voltar a projetos